terça-feira, 15 de dezembro de 2015

SORTEIO DO LIVRO: 'UNIDOS DO OUTRO MUNDO - DIALOGANDO COM OS MORTOS"



O ano tá acabando, e a Viciados em Livros traz em parceria com a Editora Sextante e seu novo selo Rara Cultural, o penúltimo sorteio do ano, com o livro do Boni.

"UNIDOS DO OUTRO MUNDO - DIALOGANDO COM OS MORTOS"

Compartilhe a imagem em modo público

Para participar basta entrar na aba "Promoções - Sorteie.me" ou acessar pelo link abaixo:

https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/514216

http://bit.ly/Unidos_do_Outro_Mundo

sábado, 12 de dezembro de 2015

SORTEIO DO LIVRO: "JOGO DA FELICIDADE"

 
Por essa vocês não esperavam! Promo nova em pleno sábado!

Viciados em Livros em parceria com a Editora Sextante traz pra você o livro lançado na última quarta-feira (9) da Bruna Lombardi.

"JOGO DA FELICIDADE" - Bruna Lombardi

Compartilhe a imagem em modo público

Para participar basta entrar na aba "Promoções - Sorteie.me" ou acessar pelo link abaixo:



segunda-feira, 30 de novembro de 2015

SORTEIO DO LIVRO: "OS 5 DESAFIOS DAS EQUIPES"



E no último dia do mês, a última promo do mês entra no ar!

Em parceria com a Editora Sextante​, a Viciados em Livros​, irá sortear o livro:

"OS 5 DESAFIOS DAS EQUIPES" - Patrick Lencioni

Compartilhe a imagem em modo público

Para participar basta entrar na aba "Promoções - Sorteie.me" ou acessar pelo link abaixo:

https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/509882

http://bit.ly/1NXSH1y

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

SORTEIO DO LIVRO: "DIÁRIO DE UM ZUMBI DO MINECRAFT - FÉRIAS DO TERROR"




Sexta-feira, a última de novembro, pede mais uma promo!

Por isso a Viciados em Livros​ em parceria com a Editora Sextante​ traz pra você mais um livro da série "Diário de um zumbi do Minecraft" de Herobrine Books.

"DIÁRIO DE UM ZUMBI DO MINECRAFT - FÉRIAS DO TERROR"

Compartilhe a imagem em modo público

Para participar basta entrar na aba "Promoções - Sorteie.me" ou acessar pelo link abaixo:

https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/509302

http://bit.ly/1Hs3xjT

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

SORTEIO DO LIVRO: "29 MINUTOS PARA FALAR BEM EM PÚBLICO"



Nada melhor que começar uma quinta-feria com uma nova promo!

Em parceria com a Editora Sextante, a Viciados em Livros irá sortear o livro:

"29 MINUTOS PARA FALAR BEM EM PÚBLICO" - Reinaldo Polito e Rachel Polito

Compartilhe a imagem em modo público

Para participar basta entrar na aba "Promoções - Sorteie.me" ou acessar pelo link abaixo:


quarta-feira, 25 de novembro de 2015

SORTEIO DO LIVRO: "EVA"



Sim, é isso mesmo! Que tal mais uma promoção aqui?

A Viciados em Livros​ em parceria com a Editora Arqueiro​ traz o mais novo livro do autor de "A Cabana":

"EVA" - William P. Young

Compartilhe a imagem em modo público

Para participar basta entrar na aba "Promoções - Sorteie.me" ou acessar pelo link abaixo:

https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/508677

http://bit.ly/1Ten0Wl

terça-feira, 24 de novembro de 2015

SORTEIO DO LIVRO: "MAGIA DO SANGUE"




Que tal mais uma promoção aqui?

A Viciados em Livros​ em parceria com a Editora Arqueiro​ traz agora o último livro da trilogia "Primos O’Dwyer" da Nora Roberts  

"MAGIA DO SANGUE" - Nora Roberts 

Compartilhe a imagem em modo público

Para participar basta entrar na aba "Promoções - Sorteie.me" ou acessar pelo link abaixo:

https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/508337

http://bit.ly/Magia_do_Sangue

segunda-feira, 23 de novembro de 2015

SORTEIO DO LIVRO: "MUNDO SEM FIM" (BOX - 2 LIVROS)




Nada melhor que começar uma semana com uma dupla promo!

Em parceria com a Editora Arqueiro​, a Viciados em Livros​ irá sortear o mais novo livro de Ken Follett. 

Na verdade vamos sortear o Box com os dois livros!

Compartilhe a imagem em modo público

Para participar basta entrar na aba "Promoções - Sorteie.me" ou acessar pelo link abaixo:

https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/507962

http://bit.ly/Mundo_Sem_Fim

sexta-feira, 20 de novembro de 2015

SORTEIO DO LIVRO: "BELEZA NATURAL"




Viciados em Livros​ em parceria com a Editora Sextante​ traz um livro que conta uma história da vida real fantástica.

"BELEZA NATURAL" - Liana Melo​

Compartilhe a imagem em modo público

Para participar basta entrar na aba "Promoções - Sorteie.me" ou acessar pelo link abaixo:

https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/507350

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

SORTEIO DO LIVRO: '"O ÚLTIMO DOS CANALHAS"

 

A Viciados em Livros​ em parceria com a Editora Arqueiro​ traz pra você mais um romance de época:

"O ÚLTIMO DOS CANALHAS" - Loreta Chase

Compartilhe a imagem em modo público

Para participar basta entrar na aba "Promoções - Sorteie.me" ou acessar pelo link abaixo:

https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/507070

http://bit.ly/O_Ultimo_dos_Canalhas




quarta-feira, 18 de novembro de 2015

SORTEIO DO LIVRO: "O CORAÇÃO DE LEÃO"

 

A Viciados em Livros​ em parceria com a Editora Arqueiro​ traz pra você mais um livro da coleção "Signos do Amor".

"O CORAÇÃO DE LEÃO" - Mia Sheridan

Compartilhe a imagem em modo público

Para participar basta entrar na aba "Promoções - Sorteie.me" ou acessar pelo link abaixo:

https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/506755

http://bit.ly/O_Coracao_de_Leao

terça-feira, 17 de novembro de 2015

SORTEIO DO LIVRO: "A IRMÃ DA TEMPESTADE"



A Viciados em Livros​ em parceria com a Editora Arqueiro​ traz pra você o livro da série "As Sete Irmãs" e livro de estréia da autora, Lucinda Riley, na editora.

"A IRMÃ DA TEMPESTADE" - Lucinda Riley

Compartilhe a imagem em modo público

Para participar basta entrar na aba "Promoções - Sorteie.me" ou acessar pelo link abaixo:

https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/506424

http://bit.ly/A_Irma_da_Tempestade

segunda-feira, 16 de novembro de 2015

SORTEIO DO LIVRO: "O ROUXINOL"



Fãs de Kristin Hannah, podem suspirar, pois chega aqui na Viciados em Livros​ nossa primeira promo de novembro em parceria com a Editora Arqueiro​.

"O ROUXINOL" - Kristin Hannah

Compartilhe a imagem em modo público

Para participar basta entrar na aba "Promoções - Sorteie.me" ou acessar pelo link abaixo:

https://www.sorteiefb.com.br/tab/promocao/506094

http://bit.ly/O_Rouxinol

sexta-feira, 13 de novembro de 2015

SORTEIO DO KIT: "SEGREDO DE FAMÍLIA" + "O TOLO PRECÁRIO"



Na Viciados em Livros a sexta-feira 13 tem promo nova!

Vamos agora sortear 3 kits com livros AUTOGRAFADOS, sendo "O Tolo Precário", ganhador do Prêmio Redescoberta da Literatura Brasileira!

"SEGREDO DE FAMÍLIA" + "O TOLO PRECÁRIO" - Wilson Rossato

SÃO 3 KITS!!!!

Compartilhe a imagem em modo público

Para participar basta entrar na aba "Promoções - Sorteie.me" ou acessar pelo link abaixo:


sexta-feira, 6 de novembro de 2015

OPINIÃO DO LIVRO: "ZAC & MIA"




Adorável. Emocionante. Cativante. Triste. Engraçado.

Bastariam esses poucos adjetivos para definir o livro? Diria que não.  “Zac &Mia” é o tipo de livro que vai te envolvendo aos poucos. Conforme a vida de Zac e Mia começa a ser desvendada, você vai se apaixonando por ambos. Difícil não se apaixonar.

Zac & Mia são dois jovens que nunca se viram na vida e a passagem de ambos pelo hospital acaba fazendo com que o destino promovesse esse encontro.

Bastou uma batida na parede para que Zac começasse uma linda amizade com Mia. Amizade essa que certamente não aconteceria se tivessem sido apresentados, ou se tivessem se conhecido em outras circunstâncias. É como se fossem um o polo positivo e o outro o polo negativo.

Contado sob a perspectiva de ambos, você vai sendo levado pelas emoções de cada um dos personagens, pelos seus medos, pelas certezas (não tão certezas assim), por suas crenças e maneiras de pensar e enfrentar os obstáculos impostos pela vida.

Cada um dos personagens acaba que de alguma maneira acaba te cativando. Pode ser a determinação e vontade de viver de Zac, ou pode ser até a Mia que é mal-humorada e de fácil irritação.

Apesar do tema do livro ser pesado, e envolver dois jovens, e, por isso ser considerado mais um livro com um tema já recorrente na literatura, vale muito a pena a leitura; a narrativa é leve, e o assunto em si é tratado de forma simples e “normal” como na vida real.

Você vai com certeza se encantar por Zac & Mia e torcer para que essa amizade tão inesperada seja vivida com a intensidade que a força de ambos os personagens possuem. E que ela seja muito mais de que um simples pedido de amizade pelo Facebook. É algo que vai transcender tudo o que você talvez possa imaginar.


Não deixa de ser um livro que te dá um banho de lição de vida. 

Classificação:  ☻☻☻☻

☻ Péssimo ☻☻ Ruim ☻☻☻ Bom ☻☻☻☻ Muito Bom ☻☻☻☻☻ Ótimo

ZAC & MIA - A.J. BETTS - EDITORA NOVA CONCEITO - 285 páginas

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

OPINIÃO DO LIVRO: "OS E-MAILS DE HOLLY"




Depois do fiasco do livro “e-m@ail” e leitor corajoso que sou, resolvi logo em seguida ler, “Os e-mails de Holly”. Que falta de imaginação a minha. Não de opção. E nem de coragem, já que são 769 páginas também com troca de e-mails.

O livro também estava na minha estante (coincidentemente ao lado de outro livro “ e-m@ail” de mesmíssimo estilo) e já há algum tempo. O livro é de 2011 e só fui ler agora, em 2015.

O que me chamou a atenção nesse livro? Não sei. Talvez o tamanho e o comentário do The New York Post: “Fascinante, Holly é a e-Bridget Jones”. Menos, bem menos, pessoa do The New York Post.

Infelizmente Holly não é a Bridget Jones dos e-mails. Definitivamente não é.

O livro conta a história de Holly Denham (que é um pseudônimo) de alguém intimamente ligado ao mundo das recepcionistas. E na verdade é uma criação de Bill Hutton-Surie. (descobri isso no Goodreads)

A trama começa com o primeiro dia de Holly num banco de investimento como recepcionista e segue mostrando o dia-a-dia de trabalho, com fofocas, reclamações. Tudo isso na forma de e-mails.

Holly encontra com uma ex-amiga metida dos tempos de escola que teve sucesso na profissão que faz questão de mostrar isso, Holly depois se envolve com um executivo do banco e ainda existe um amigo que é gerente de um hotel chique e que sabe todas as fofocas sobre as celebridades. E para completar o quadro, Holly tem uma amiga que tem uma vida sexual bem agitada, e sobre todos esses assuntos que ocorre a troca de e-mails. E por fim a sua família que mesmo morando em outro país, insiste em dar conselhos sobre sua vida profissional e afetiva. Também tudo feito por e-mail.

A personagem criada é bem verossímil, é possível ver Holly existindo e as situações criadas também.

Não é um livro como diz na contracapa, de leitura compulsiva, que provocará gargalhadas da primeira à ultima página. É um livro de leitura tranquila e que pode provocar um riso aqui outro acolá. Não gargalhei o tempo inteiro e nem li o livro compulsivamente. Lia boas 60 páginas, 80 páginas e intercalava com outro livro.

Um ponto bem negativo para o livro e para quem gosta de ler comendo. É difícil sustentar o livro numa mão enquanto você come com a outra. Um e-reader nesse caso iria ajudar e muito, pois 769 páginas pesam bem.


Classificação:  

☻ Péssimo ☻☻ Ruim ☻☻☻ Bom ☻☻☻☻ Muito Bom ☻☻☻☻☻ Ótimo

OS E-MAILS DE HOLLY - HOLLY DENHAM - EDITORA RECORD - 768 páginas

OPINIÃO DO LIVRO: "E-M@AIL"



Quando li a sinopse do livro “e-m@ail” achei interessante e comprei o livro. Mas como acontece com qualquer leitor não li o livro no mesmo momento. Ele ficou ali, na minha estante. Alguns anos depois, o livro voltou a me chamar a atenção agora na minha estante. E por fim, comecei a ler.

Se arrependimento matasse, eu estaria morto agora. Se eu pudesse pedir o dinheiro de volta, certamente pediria.

Essas “opiniões” do The Times: “Um romance impossível de largar, extremamente divertido.”, do Cosmopolitan: “Hilariante”, do Sunday Times: “Um romance cômico e com uma trama genial.”, são difíceis de engolir depois que você por sorte e muita força de vontade termina de ler o livro.

Eu tentei gostar do livro. Tentei ver alguma coisa boa. Não achei. Não que um livro escrito no formato de troca de e-mails não pudesse ser divertido. Poderia. Deveria. Mas nesse caso não funcionou pra mim.

Nenhum dos personagens conseguiu criar empatia comigo.

A trama se passa numa agência de publicidade que tenta ganhar a conta da Coca-Cola e mostra as trapalhadas burocráticas, as manobras muitas vezes nem um pouco ortodoxas para se conseguir algum objetivo. E tudo é contado na forma de e-mails trocados entre secretárias, publicitários, chefes, diretores, redatores.

Na verdade o que tinha me chamado a atenção foi justamente isso, da trama se passar no mundo corporativo, mas que não foi suficiente para fazer de “e-m@il” uma leitura prazerosa.

Não sei se um outro motivo que contribui para esse meu não gostar seja o fato de cada um dos personagens ter sido traduzido por uma pessoa diferente.

E acho que é a primeira vez que vejo isso num livro.

Classificação:  

☻ Péssimo ☻☻ Ruim ☻☻☻ Bom ☻☻☻☻ Muito Bom ☻☻☻☻☻ Ótimo

E-M@AIL - MATT BEAUMONT - EDITORA BERTRAND - 392 páginas

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

OPINIÃO DO LIVRO: "EU TE DAREI O SOL"





Quando li a sinopse de “Eu te darei o sol” fiquei intrigado. E apostei na leitura. Mas...

Então, como definir “Eu te darei o sol”? Eu diria que é um livro um tanto quanto esquizofrênico. Sim, acho que é uma definição possível. Mas talvez seja até mais que isso. Ou menos. É um livro doido.

A história de Noah e Jude, dois irmãos gêmeos, é narrada em perspectivas diferentes e tempos também diferentes. Ora pelo mundo de Noah, ora pelo mundo de Jude. Isso até me incomodou um pouco, pois a própria narrativa de um traz em alguns momentos “spoilers”. E às vezes a mesma cena é narrada, só que de outra maneira. É você ler uma passagem, e, logo em seguida ler essa mesma passagem contada por outra perspectiva, mas com o mesmo recheio.  É bem “odd”. É um livro estranho.

Os capítulos são muito grandes, mesmo tendo a quebra dentro deles da troca de narrativa de Noah para Jude. Mas isso tudo acontecendo no mesmo capítulo deixa a leitura arrastada. Prefiro os capítulos curtos que dão outra vida à leitura. O livro fica bem mais dinâmico assim. E não é o caso.

Algumas passagens são muito doidas. Ou os personagens são isso mesmo.

A Jude é a preferida do pai e Noah tem uma aproximação muito grande com a mãe e isso gera uma competição entre eles pela atenção e afeição dos pais. Noah é tímido, inseguro e um artista e até apelidado por “Picasso”. Jude por sua vez é impulsiva, corajosa, é uma artista também – ela gosta de esculpir – e tem uma ligação forte com a avó, Sweetwine, e Jude chega a conversa com ela, apesar de já estar morta. E é da avó que ela herda uma “bíblia”, um livro com antigas crenças. É um pouquinho engraçado.  Noah, por sua vez é também um artista e muito ligado à mãe. E sonha em entrar na melhor escola de arte da Califórnia. Mas uma tragédia acaba os separando.

A narrativa avança, e os dilemas começam a aparecer. Tanto que Noah se depara com a questão da homossexualidade e luta contra isso. E Jude também aparece com suas próprias questões pertinentes aos seus 16 anos de idade. Mas ambos parecem ter uma mente atordoada.

Em alguns momentos existem passagens sem pé nem cabeça. Algo que parece que foi até jogado no meio do texto. Você fica de onde surgiu isso? O que é isso? Exemplo? “Eles não flertam despudoramente com meninas como eu quando têm namoradas da Trânsilvânia. Que babaca.” (página 212)

Não consegui me afeiçoar a nenhum personagem, o que teria ajudado e muito. Mas por outro lado, há várias informações legais sobre arte, aproveitando essa característica do personagem Noah. Isso posso dizer foi um ponto a favor do livro.  


Apesar de o livro ter recebido diversos prêmios – e isso me deixou encucado – não foi uma leitura fácil. Pensei em desistir por várias vezes. E acabei intercalando a leitura desse livro com outro mais empolgante para ver se fazia a leitura desse livro pegar no tranco. Não pegou no tranco, mas eu resisti e fui até o final.

Classificação:  ☻☻

☻ Péssimo ☻☻ Ruim ☻☻☻ Bom ☻☻☻☻ Muito Bom ☻☻☻☻☻ Ótimo

EU TE DAREI O SOL - JANDY NESLON - EDITORA NOVA CONCEITO - 377 páginas

OPINIÃO DO LIVRO: "172 HORAS NA LUA"



Confesso que fiquei curioso em ler “172 horas na Lua” depois de ter visto a capa do livro. Quem nunca começou a ler um livro pela capa?

A ação do livro se passa logo ali. Ela começa em 2010 e já pula para 2018, ou seja, nada tão irreal e longe da nossa realidade. Você não vai ver carros flutuantes, máquinas superinteligentes, robôs conversando com humanos. Esquece.

A NASA usando como pano de fundo o quinquagésimo aniversário da primeira missão tripulada a pousar na Lua, para promover uma nova missão, só que dessa vez levando na tripulação três jovens que terão entre 14 e 18 anos.

Será mesmo que a NASA não estaria escondendo algum fato? Seria essa missão 100% segura?

Eles então promovem um sorteio mundial e Mia da Noruega, Midori do Japão e Antoine da França são os três jovens felizardos que irão passar 172 horas na Lua. A missão é ir para uma base lunar, a DARLAH 2 e que fica no Mar da Tranquilidade. 

No prólogo não existe a mínima possibilidade de você já desconfiar do que virá pela frente. Ou será que tem?

Nos primeiros capítulos vamos conhecer cada um dos três jovens sorteados. Como eles pensam, como eles são, o que eles querem da vida deles. Afinal estão bem na fase “rebelde” da vida.

A narrativa não é em nenhum momento enfadonha. Muito pelo contrário. Ela vai crescendo conforme a história vai evoluindo. Acompanhamos todos os momentos de treinamento até chegar o dia D. O dia da viagem.

Quando chegamos à Lua, – eu já me incluí na Lua – fatos estranhos começam a acontecer e com isso o suspense aumenta de tal forma que você não quer largar o livro. E aos poucos o mistério começa a ser desvendado e a leitura fica cada vez mais eletrizante.

Confesso que nunca fui um leitor que sempre descobriu o final. Que nunca desconfiou que o fato A fosse acontecer. Às vezes pode até acontecer, mas em “172 horas na Lua”, quando você dá aquela respirada de alívio e pensa que tudo já acabou, surpresa não acabou.

E depois do ponto final, você para e pensa onde foi que isso aconteceu. Não é possível. Não conta pra ninguém, mas dei uma relida rápida novamente para ver onde foi que eu errei. Como eu não percebi?


Será mesmo que você vai perceber? Será que tem algo para ser percebido?


Classificação:  ☻☻☻☻

☻ Péssimo ☻☻ Ruim ☻☻☻ Bom ☻☻☻☻ Muito Bom ☻☻☻☻☻ Ótimo

172 HORAS NA LUA - JOHAN HARSTAD - EDITORA NOVA CONCEITO - 282 páginas

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

OPINIÃO DO LIVRO: "FELIZES PARA SEMPRE"




No quarto e último volume, – ahhhhhhhh L – “Felizes para sempre”, a vez é se conhecer  Parker Brown, a administradora, quem contorna todos os problemas, por exemplo, quando uma noiva lhe telefona aos prantos, e é ela também quem ajuda na escolha do vestido perfeito, para o dia perfeito, para o casamento perfeito. 

Rica, linda e inteligente, Parker, é claro, sonha com a sua felicidade no amor, com o cara que ela sempre achou que fosse ser o ideal.

Só que o destino resolve lhe pregar uma peça e põe em seu caminho, Malcom Kavanaugh, mecânico de automóveis e ex-dublê de filmes de ação, é amigo do irmão de Paker.

Nora se mostra incrível novamente quando nos apresenta uma situação mais corriqueira do que podemos imaginar. Os opostos se atraindo. Se você pensou que sempre existira somente um príncipe encantado entrando num cavalo branco, imagina um “ogro” entrando numa Harley-Davidson. Imaginou?

E mesmo com essas diferenças, eles acabam se dando uma chance de ver que apesar dos pesares eles podem se completar um ao outro.

Agora se vai dar casamento, só mesmo lendo para você saber.

O que posso afirmar é que assim que acaba “Felizes para sempre” você fica triste, já com o sentimento de abandono, com o sentimento de quero muito mais. Por exemplo, ia adorar saber como ficou a vida de cada uma delas depois do rumo que a vida de cada uma delas tomou.

Definitivamente as 293 páginas desse último livro não me bastaram. 

Classificação:  ☻☻☻☻☻

☻ Péssimo ☻☻ Ruim ☻☻☻ Bom ☻☻☻☻ Muito Bom ☻☻☻☻☻ Ótimo

FELIZES PARA SEMPRE - NORA ROBERTS - EDITORA ARQUEIRO - 293 páginas

OPINIÃO DO LIVRO: "BEM-CASADOS"




Nesse terceiro volume, “Bem-casados”, a protagonista é Laurel McBane, a criadora dos bolos e doces mais lindos e saborosos do estado e que encantam todas as noivas.

Laurel sempre se mostrou apaixonada por Delaney Brown, irmão de Parker, mas nunca revelou esse sentimento, pois acha que ele a considera como uma irmã.

Delaney é o advogado da Votos, mas também cuida do bem-estar das quatro sócias. E é esse cuidar exagerado o estopim para uma discussão acalorada seguida de um beijo que deixam as coisas mais complicadas para os dois.

Esse beijo foi como um sacode, um alerta de que ali deveria haver algo mais que uma simples amizade de “irmãos”.

Nora conseguiu transmitir de forma totalmente verdadeira de como uma amizade pode ofuscar um amor e fazer com que esse amor seja tolhido pelo medo de se perder tudo ao mesmo tempo. Mostra os dilemas de enfrentamento da decisão de se assumir que o amor existente entre eles vai transcende o sentimento que eles achavam que existia.

A descoberta, a coragem, a aceitação e os medos são todos sentidos, o que faz a leitura ser ainda mais divertida, tensa e romântica ao mesmo tempo. 

Pena que ela acaba na página 280. Fiquei com o sentimento de quero mais. 


Classificação:  ☻☻☻☻☻

☻ Péssimo ☻☻ Ruim ☻☻☻ Bom ☻☻☻☻ Muito Bom ☻☻☻☻☻ Ótimo

BEM-CASADOS - NORA ROBERTS - EDITORA ARQUEIRO - 280 páginas

OPINIÃO DO LIVRO: "MAR DE ROSAS"



Nora pensou direitinho no nome de cada um dos livros. Nesse segundo volume, “Mar de Rosas” a história foca mais em Emmaline Grant, ou simplesmente Emma Grant, a especialista em criar arranjos e buquês espetaculares.

Emma foi criada em uma família tradicional e muito unida. Sempre ouviu a história de amor dos pais e por causa disso é uma romântica que insiste que um dia irá encontrar o grande amor da vida dela e com isso irá realizar um sonho de sempre, dançar no jardim, sob a luz do luar, com o amor da sua vida. Mais romântica que isso, impossível.

Emma sai bastante, sempre achando que um dia irá achar o amor da vida dela. Mas além de ser dona de uma beleza fora do comum, Emma apesar de atrair vários homens, ela possui também uma habilidade incrível em dispensá-los.

E aí tem o Jack Cooke, arquiteto, bem-sucedido, atraente e melhor amigo do irmão de Parker (uma das outras três amigas e sócias), Delaney Brown, que tem um problema. Ficou traumatizado quando seus pais se separaram quando ele era ainda criança. Foi ele quem cuidou da reforma da propriedade de Parker e a transformou no melhor espaço para casamentos do estado.

Por ser praticamente da família, Emma e Jack, nunca tinham percebido a atração que existia entre eles.

Em “Mar de Rosas”, Nora vai nos mostrar que uma grande amizade pode virar um grande amor. Será? E essa maneira de Nora nos contar é que faz toda a diferença.

O casal é bastante divertido, fora a sensualidade existente no relacionamento, com passagens um pouco picantes, mas sem exageros, é gostoso vivenciar o desenrolar da história deles.

Ao mesmo tempo em que Emma mostra saber o que quer, Jack ainda mostra confusão em seus sentimentos o que faz Emma ficar impaciente e exigir uma posição final de Jack.

Só que infelizmente quando a leitura te leva de um jeito impensável, quando é prazerosa, gostosa, te envolve de tal maneira, é leve, os autores tem essa mania horrorosa de colocar um ponto final. Assim, sem te avisar ou sem perguntar. Aí eu pergunto; "Por que o livro não poderia ter mais umas 200 páginas?" "Tinha que acabar justo agora?".

Classificação:  ☻☻☻☻☻

☻ Péssimo ☻☻ Ruim ☻☻☻ Bom ☻☻☻☻ Muito Bom ☻☻☻☻☻ Ótimo

MAR DE ROSAS - NORA ROBERTS - EDITORA ARQUEIRO - 287 páginas

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

OPINIÃO DO LIVRO: "DANÇANDO SOBRE CACOS DE VIDRO"



Que livro é esse? Alguém anotou a placa do caminhão que acabou de me atropelar, e, que deu ré e me atropelou de novo? O que é que é isso?

Agora, se você não pode viver fortes emoções, se você tem questões em deixar o choro fluir, se você não quer se emocionar, não leia esse livro.
 Mas caso contrário, se prepara. Só não esqueça da caixa de lenços eboa leitura.

Ah, você não pode se importar em chorar em espaços públicos, ou então, melhor ler o livro dentro do seu quarto depois que a visita for embora. Ou como você vai justificar que estava chorando por causa do livro?

“Dançando em cacos de vidro” é o romance de estreia de Ka Hancock, uma enfermeira com especialização em psiquiatria e com uma longa experiência profissional com pacientes psiquiátricos e dependentes químicos. Se a estreia foi assim, imagina então o próximo livro?

Então “Dançando em cacos de vidro” é um livro excepcional. Pura emoção numa história cheia de sentimentos, amor, amizade, vida familiar, superação e laços afetivos que nada consegue desfazer.

Apesar de ser um livro forte, você dificilmente vai conseguir dar uma pausa até que seja para se recuperar um pouco. É uma porrada atrás de outra porrada. Daquelas que arrebatam, te derrubam, te fazem chorar, sofrer, torcer e não tem como não se envolver com os personagens.
Lucy Houston é a irmã mais nova, Lily a do meio e Priscila a mais velha. Mickey Chandlrer, um homem alegre e divertido, dono de alguns bares, que foi onde conheceu Lucy e se apaixonaram.

Lucy tem um histórico familiar de câncer de mama muito agressivo e Mickey, um grave transtorno bipolar, também de origem familiar que fez com que sua mãe morresse ainda quando era criança.

Todos os relacionamentos que Mickey tinha acabavam sempre na primeira crise que acabava em uma internação. Mas mesmo assim, o encontro de Mickey e Lucy foi arrebatador. E então eles casaram e assumiram um compromisso de não ter filhos justamente pelo histórico familiar que ambos carregam.

Eles têm um casamento igual ao de todo mundo. Altos e baixos, com algumas intercorrências mais graves por conta da doença de Mickey. Mesmo assim eles resistem firmemente.

Um belo dia essa regra de nunca terem um filho é quebrada o que faz com que o casamento deles passe pelo momento mais difícil dos onze anos em que estão juntos.

Lucy tem certeza plena que Mickey será um pai extraordinário, já o próprio Mickey teme que isso não possa acontecer até pela doença que ele possui.
É a partir desse dilema que o livro ganha contornos dramáticos, tristes e de difícil decisão.

Você a essa altura já está completamente envolvido com os personagens o que fará o seu sofrimento ser ainda maior. Só quem é leitor e se deixa envolver conseguirá entender esse sentimento pelo qual passamos. Como se fosse algum membro da nossa própria família.

Coragem, confiança, dedicação, superação vem trazer um desfecho para essa fantástica, maravilhosa, emocionante e inesquecível história que ficará com certeza marcada em cada um de nós.


Classificação:  ☻☻☻☻☻

☻ Péssimo ☻☻ Ruim ☻☻☻ Bom ☻☻☻☻ Muito Bom ☻☻☻☻☻ Ótimo

DANÇANDO SOBRE CACOS DE VIDRO -  KA HANCOCK - EDITORA ARQUEIRO - 329 páginas

terça-feira, 27 de outubro de 2015

OPINIÃO DO LIVRO: "O QUE EU QUERO PRA MIM"



Ainda curtindo a minha fase de “ler romances”, me deixei levar pelo novo livro de Lycia Barros, “O que eu quero pra mim”. E posso dizer com propriedade que gostei muito do livro.

Lycia consegue nos passar algo verdadeiro em sua narrativa. Algo que poderia ser vivenciado por qualquer um de nós. Não é uma história ficcional que poderia só acontecer dentro de um livro ou numa novela.

Os dramas e situações pelos quais passam os personagens de Alice, Casseano, Luana, Eamon e o próprio Pietro, filho de Eamon e Luana, são bem verossímeis. E podem acontecer nas melhores famílias. Ou não. Mas são possíveis.

Tudo bem que você pode pensar que é tudo clichê. Aí vai depender do seu ponto de vista. E eu achei que Lycia conseguiu dar o seu toque pessoal nas situações, no enredo e nos desfechos de cada personagem.

Ambientado no Rio e em Londres e narrado em terceira pessoa o romance de Lycia é leitura que flui.

Algumas passagens podem te fazer refletir sobre alguns valores, outras podem te fazer chorar – eu chorei, é óbvio – e outras te jogam com a realidade.

Com certeza em seu clico de amigos, conhecidos haverá uma Alice, uma Luana, um Eamnon, um Casseano.

Amor, traição, amizade, paixão, medo, incertezas e uma busca interna pelo que se quer para si. Tem de tudo um pouco. 


Classificação:  ☻☻☻☻

☻ Péssimo ☻☻ Ruim ☻☻☻ Bom ☻☻☻☻ Muito Bom ☻☻☻☻☻ Ótimo

O QUE EU QUERO PRA MIM - LYCIA BARROS -  EDITORA ARQUEIRO - 201 páginas

OPINIÃO DO LIVRO: "ÁLBUM DE CASAMENTO"




Nora Roberts sempre foi um fenômeno de vendas. São mais de 200 livros publicados em mais de 35 países, e, atingiu a marca de mais de 400 milhões de livros impressos.

Eu particularmente só conhecia Nora Roberts pelo seu outro “eu”, J.D. Robb e a série Mortal, fantástica por sinal publicada pela Bertrand.

Mas de tantos elogios, e indicações resolvi abrir um pouco mais meu já eclético gosto pela leitura e experimentei Nora Roberts como Nora Roberts.

Apaixonei. Pelo menos essa série “Quarteto de Noivas” publicada pela Editora Arqueiro me fez querer ler mais os romances de Nora.

Tudo bem que não deve ser muito comum homens lerem romances do estilo Nora Roberts. Mas e daí? Não gosto dessa definição que existe um pouco de “leitura para mulheres”, “leitura para homens”.

Hoje sei que se tivesse lido conforme os livros iam sendo publicados ia ficar naquela ansiedade que se abate no leitor quando o primeiro livro da série é muito bom. E o segundo. E o terceiro. E nesse caso, no quarto.

No meu caso quando fui ler, os quatro livros já tinham sido publicados, estavam aqui na minha estante, sempre olhando pra mim, e eu dizendo que um dia ia ler. E um belo dia esse dia chegou.

O primeiro livro “Álbum de casamento” conta a história de quatro amigas, Parker, Emma, Laurel e Mac, que desde a infância brincavam  de simular casamentos no jardim. O tempo passou e a brincadeira virou negócio sério. Elas abriram a Votos, uma empresa de organização de casamentos muito bem-sucedida. Apesar da Votos realizar o casamento perfeito para vários casais, nenhuma das quarto amigas tiveram a sorte no amor que tem nos negócios.

Em “Álbum de Casamento”, Nora explora mais a vida de Mac, que é a especialista em captar os momentos mais especiais das noivas, desde a preparação até o sim no altar.

Apesar disso, Mac ainda não tinha tido o seu momento de felicidade até reencontrar Carter Maguire, professor de inglês e com quem na época de escola trocou poucas palavras. Nesse reencontro acontece o frio na barriga. Carter já tinha uma quedinha por Mac, mas se atrapalhava todo na hora de expressar seus sentimentos.

Entre fotos de alguns casamentos que vão acontecendo ao longo da história, Mac começa a ver que ela também tem direito a ser feliz, o que a apavora.

Mas Nora consegue envolver o leitor de tal forma que acabamos sentindo as emoções, os medos, as incertezas de Mac e a torcida do leitor para que tudo acabe num sim é enorme.

Você vai chorar, você vai rir, você vai dizer “não, isso não pode estar acontecendo”, você vai dizer “Vai Mac, vai Mac, vai ser feliz”, você vai dizer, “ah, não...”, enfim, você vai viver o dia a dia da Votos com o foco em Mac.

Será que teremos casamento? Ou a vida de Mac será somente os cliques da felicidade dos outros?


Classificação:  ☻☻☻☻☻

☻ Péssimo ☻☻ Ruim ☻☻☻ Bom ☻☻☻☻ Muito Bom ☻☻☻☻☻ Ótimo

ÁLBUM DE CASAMENTO - NORA ROBERTS - EDITORA ARQUEIRO - 279 páginas

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

SORTEIO DO LIVRO: "A ARTE DE FAZER ACONTECER"




Nada melhor do que uma nova promoção para fecharmos a semana e antes do horário de verão!

Viciados em Livros em parceria com a Editora Sextante vai sortear o livro:

"A ARTE DE FAZER ACONTECER" - David Allen

Compartilhe a imagem em modo público

Para participar basta entrar na aba "Promoções - Sorteie.me" ou acessar pelo link abaixo: